Entre ruptura e permanência: o parcelamento do solo do Centro do Rio de Janeiro e as reformas urbanas de Pereira Passos (1902-1906)

Paula Silveira De Paoli

Resumo


A administração de Pereira Passos como prefeito do Distrito Federal (1902-1906) foi marcada pela realização de grandes reformas urbanas, que atingiram, sobretudo, a área central do Rio de Janeiro. As obras foram justificadas por um discurso que contrapunha nitidamente a imagem de duas cidades: uma velha e uma nova cidade. Mas, apesar desse discurso tão veemente, que dá a entender que haveria uma transformação total da cidade existente, a dialética entre ruptura e permanência é parte integrante dos processos de renovação urbana. A proposta do trabalho é analisar a maneira como as reformas urbanas de Pereira Passos se confrontaram com o parcelamento do solo do Centro do Rio de Janeiro.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



ISSN: 2316-6134

A Convergência Lusíada é uma revista do Centro de Estudos do


Licença Creative Commons
A Revista Convergência Lusíada utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.