Cultura impressa protestante no Oitocentos: um diálogo lusobrasileiro

Karla Janaina Costa Cruz

Resumo


O presente trabalho pretende verificar a forma como alguns tipos de impressos evangélicos editados em Portugal, especialmente através da Livraria Evangélica (significativo órgão publicador veiculado à Sociedade Bíblica Britânica), foram dados a circular no Brasil oitocentista, o que favoreceu um intercâmbio luso-brasileiro no âmbito da literatura religiosa. Para isso, apresenta-se como referencial teórico os pressupostos da História Cultural e mais propriamente os conceitos de estratégia e tática (Michel D’Certeau), além da tríade representação, prática e apropriação (Roger Chartier).

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



ISSN: 2316-6134

A Convergência Lusíada é uma revista do Centro de Estudos do


Licença Creative Commons
A Revista Convergência Lusíada utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.