O Delfim e a sedutora linguagem da revolução

Michele Dull Sampaio Beraldo Matter

Resumo


Com base em um instrumental crítico que se estabeleceu a partir dos anos 70 do século XX, no que se refere à leitura da obra literária como um corpo a ser percorrido, este estudo pretende investigar no romance O Delfim, do autor português José Cardoso Pires, algumas de suas estratégias de narração que revelam não só um compromisso com o tempo português, mas também uma aposta ética na transformação da realidade pelo homem.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



ISSN: 2316-6134

A Convergência Lusíada é uma revista do Centro de Estudos do


Licença Creative Commons
A Revista Convergência Lusíada utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.