Eça de Queirós e a colonização do Oriente no século XIX

Antonio Augusto Nery

Resumo


No presente trabalho pretendemos averiguar três artigos escritos por Eça de Queirós (1845- 1900) para periódicos, durante a década de 1890, nos quais o escritor reflete sobre a política colonial que muitos países ocidentais ainda mantinham naquele contexto, com o objetivo de conquistar nações do Oriente. Trata-se dos artigos “O 14 de Julho. Festas Oficiais. O Sião” e “A França e o Sião”, ambos publicados no jornal Gazeta de Notícias do Rio de Janeiro, nos dias 13 e 20 de agosto de 1893, respectivamente, e do artigo “França e Sião”, publicado na Revista Moderna, em 1897. O discurso literário presente nos textos é muito significativo, pois revela as concepções do escritor acerca do tema e expõe um pensamento dissonante dos princípios colonizadores que norteavam os projetos de muitas nações e de muitos europeus no contexto finissecular do Oitocentos. Os três textos centram-se na explicitação e na análise crítica sobre os verdadeiros interesses que países do ocidente – particularmente a França e a Inglaterra – tinham sobre o continente asiático, mais especificamente, sobre um dos reinos localizado no sudeste da região, o Reino de Sião, a atual Tailândia.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



ISSN: 2316-6134

A Convergência Lusíada é uma revista do Centro de Estudos do


Licença Creative Commons
A Revista Convergência Lusíada utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.