“Vede”, “olhai”: o sentido da visão na lírica camoniana

Julio Cattapan

Resumo


Análise da função do sentido da visão na lírica camoniana à luz do conceito de heroico furor, de Giordano Bruno, com ênfase na estrita relação entre amor, imagem e visão. O amor heroico como impulsionador de uma busca interminável por um conhecimento superior em que os contrários se harmonizem numa síntese e a multiplicidade das coisas do mundo possa ser integrada numa unidade, o que permitiria alcançar um saber total de ordem divina. O amor sensível como um meio para o conhecimento, e o olhar como condição necessária para esse amor.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



ISSN: 2316-6134

A Convergência Lusíada é uma revista do Centro de Estudos do


Licença Creative Commons
A Revista Convergência Lusíada utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.