A queridinha, a malfalada e uns artigos de José Régio

Emerson Inácio

Resumo


O artigo visa avaliar a escrita de autoria feminina publicada nas páginas da revista Presença (1927-1940), levando em consideração os artigos que lançam os fundamentos daquele periódico, bem com as opiniões de José Régio acerca do que seria uma “literatura feminina”. Para tanto, comentaremos a produção estética de Irene Lisboa e Judith Teixeira, artistas referidas na revista e tomadas como exemplos utilizados da boa e da má literatura daquela época.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



ISSN: 2316-6134

A Convergência Lusíada é uma revista do Centro de Estudos do


Licença Creative Commons
A Revista Convergência Lusíada utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.