Uma nova morada: música e memória na criação poética de Rui Pires Cabral

Nuno Brito

Resumo


Este estudo tem como objeto a criação poética de Rui Pires Cabral, centrando-se nos temas da música e da memória como elementos que transfiguram o espaço urbano, geradores de experiências múltiplas que povoam e intensificam a relação com a cidade. Partindo do estranhamento e da singularização, este trabalho pretende observar como estes elementos constroem um novo espaço e uma nova vivência do cenário urbano.


Palavras-chave


Rui Pires Cabral; poesia; música; memória; cidade.

Texto completo:

PDF

Referências


BAUDELAIRE, Charles. Les Fleurs du mal (1857) (Disponível em: http://fleursdumal.org/poem/175. Acesso em: 5 mar. 2018.

CABRAL, Rui Pires. A super-realidade. S. l: s. e., 1995.

______. Morada. Porto: Assírio & Alvim, 2015.

EIRAS, Pedro. Um certo pudor tardio: ensaio sobre os “poetas sem qualidades”. Porto: Afrontamento, 2011.

NUNES, José Ricardo. 9 poetas para o século XXI. Coimbra: Angelus Novus, 2002.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.



ISSN: 2316-6134

A Convergência Lusíada é uma revista do Centro de Estudos do


Licença Creative Commons
A Revista Convergência Lusíada utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.