Do Portugal no Brasil ao Brasil em Portugal: reflexões acerca do convívio intelectual na (e para a) afirmação da modernidade

Annie Gisele Fernandes

Resumo


Na viragem do século XIX para o XX, as relações político-econômicas e culturais entre Brasil e Portugal assumiram configuração interessante, com portugueses empenhados em reiterar a necessidade de retomada e de estreitamento de convívio, sob a perspectiva de que éramos a colônia que muito lucraria com a aproximação, e a intelectualidade brasileira buscando vincar o afastamento e iterar sua importância, argumentando em favor do estabelecimento de uma pátria brasileira. Na literatura, entretanto, se pode observar eloquente convívio intelectual que contribuiu para o estabelecimento e para a afirmação da modernidade em ambos os países; são exemplares a participação significativa de Ronald de Carvalho em Orpheu e a presença de António Nobre e os ecos de António Ferro na produção modernista brasileira.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



ISSN: 2316-6134

A Convergência Lusíada é uma revista do Centro de Estudos do


Licença Creative Commons
A Revista Convergência Lusíada utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.