Chamada Convergência Lusíada n. 42 – submissão até 30 de julho de 2019

Organização: Eduardo da Cruz (UERJ) e Isabel Lousada (Universidade Nova de Lisboa)

 

Escritoras portuguesas e o Brasil

Os estudos sobre as relações literárias e culturais luso-brasileiras costumam focar no papel desempenhado por homens ao longo da História. No entanto, várias autoras e feministas de Portugal procuraram, ao longo do tempo, estabelecer seus próprios vínculos. Este número da Convergência Lusíadaé, então, dedicado a artigos enfocando as relações entre escritoras portuguesas e o Brasil. A vinda de algumas dessas intelectuais à ex-colônia para morar, trabalhar ou proferir conferências aumentou o intercâmbio entre elas e o sistema literário brasileiro, que já publicava obras de portuguesas ao longo do oitocentos. 

Essas relações intensificaram-se durante o século XX e ocorrem até hoje. São, portanto, bem-vindos, artigos que tratem de redes de sociabilidade articuladas por escritoras de Portugal, sobre sua presença no meio cultural brasileiro, ou que analisem obras portuguesas de autoria feminina.